Luciaadverse's Blog

setembro 12, 2010

Mercado de Arte Brasileiro

Hoje, domingo, um belo dia de sol na capital mineira, estava cozinhando para minha família como faço de costume todos os domingos, pois é um dos meus prazeres nos finais de semana. De repente, deparo-me como uma excelente reportagem na Folha de S.Paulo sobre o mercado de arte brasileiro. Segundo informações do próprio jornal, centenas de colecionadores estrangeiros e diretores de instituições internacionais de prestígio, do MoMa à Tate, chegam ao país na semana que vem para a abertura da 29ª Bienal de São Paulo. O mercado brasileiro de arte já movimenta milhões por ano e este ano estima-se atingir R$ 200 milhões. A reportagem chama atenção ao crescente número de brasileiros se destacando no mercado internacional, mostra a opinião de alguns colecionadores e informa que o mercado tem atraído investidores interessados no potencial de valorização das obras. Segundo informações, nos últimos dez anos, os investimentos em arte tiveram uma valorização muito superior à da Bolsa.

A galerista Luisa Strina, proprietária da mais antiga galeria de arte contemporânea de São Paulo, conta que há menos de 10 anos vendeu um trabalho da série Metaesquema do artista Hélio Oiticica, por US$5.000 e que na última edição da SP Arte, feira que reúne galeristas de todo o país, um Metaesquema similar estava à venda por US$ 250 mil.

A tela “O Mágico” (2001), da pintora carioca Beatriz Milhazes, alcançou a marca de US$ 1 milhão em um leilão da Sotheby”s, em 2008.

A Folha de S.Paulo, menciona sobre a importância do surgimento de colecionadores privados que disponibilizam suas obras construindo museus abertos à visitação pública. Cita como exemplo países como China, México, Turquia e exclui o Brasil. Infelizmente esquecem do nosso Museu Inhotim , localizado na cidade de Brumadinho, próximo à Belo Horizonte, MG. O Museu Inhotim surgiu assim conforme a reportagem se refere aos outros países. Em 2004, o empresário mineiro Bernardo Paz viu a necessidade de abrigar num espaço sua coleção de obras de arte e abre a visitação pública. O museu abriga cerca de 450 obras de artistas brasileiros e estrangeiros, e hoje é considerado a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil, também é considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. Além do grande número de obras artísticas, o Inhotim possui uma área formada por 486 mil m² de jardins projetados por Burle Marx, com 4 mil espécies em cultivo, e está cercado por uma mata nativa, com 30% de todo o acervo em exposição para o público. Uma bela dica para quem visitar Belo Horizonte, não deixem de conhecer!

Um dos maiores colecionadores do país José Olympio, diretor do Credit Suisse, possui na sua coleção mais de mil obras, mas faz uma ressalva dizendo: “O mercado é muito complexo, não é todo Vik Muniz que se valoriza.”

Como em qualquer área, a pessoa tem que conhecer profundamente com o que está lhe dando, por coincidência no post passado, contei como curiosidade na biografia de Rembrandt, que o grande artista não sabia investir nas obras de arte que colecionava o levando a ruína e falência.

Outra citação importante na reportagem da Folha, é que seria importante o interesse do governo brasileiro através da própria legislação dar auxílio no sentido da não dificultar a vinda de importantes obras para o nosso país com as altas taxas de impostos. Em 1999, o empresário Ronaldo Cézar Coelho comprou em um leilão em Nova York, a obra “Vaso com Flores” de Guignard por US$759 mil, depois descobriu que teria que pagar outros US$200 mil de impostos para trazê-la de volta ao Brasil.

Encontrei na internet a reportagem parcial, clique aqui para ler. Mas a reportagem completa está na mídia impressa, para quem gosta de arte, vale à pena adquiri-la e lê-la.

Anúncios

5 Comentários »

  1. Legal Lúcia… Adorei… Muito linda essa obras e a curiosidade sobre a valorização impressiona!!! …e o melhor tem tela de Brasuca valendo mais de 1 milhão… lol

    Comentário por Leonardo Sousa — setembro 12, 2010 @ 7:39 pm

  2. Olá Lúcia.
    Temos que nos orgulhar pois o povo Brasileiro é realmente muito criativo. Uma pena que não fica só no quesito “o que presta”, visto que os maiores hackers “do mal” são também Brasileiros.
    Aqui estamos produzindo muita coisa boa, mas também muita porcaria. Vejo que o mercado de arte contemporânea preze aquilo que é feio, destoante. Parece legal por um tempo mas depois vira mesmice. A arte não deveria ser assim. Penso que a arte é o contrário daquilo que se precisa de um manual para “entender”. Mas acredito que tudo é um aprendizado.
    Interessante a matéria. O mercado de arte é um assunto que venho estudando há algum tempo, mas que ainda não achei o caminho. Curti. bjs

    Comentário por Marcelo Bresciani — setembro 13, 2010 @ 11:02 pm

  3. Obrigada Leo e Marcelo pelo comentários.
    A visita de vocês é sempre bem-vinda!
    Bjs, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — setembro 15, 2010 @ 4:43 pm

  4. Cara Lucia,

    Achei muito bacana seu post. Entretanto acredito que a ausencia de Inhotim nao e devido ao esquecimento, mas a motivacao politica do Estado de Sao Paulo, que vem publicando, regularmente, reportagens denegrindo a imagem da instituicao e seu fundador Bernardo paz. Apesar de acreditar que criticas devem sempre ser publicadas, e acusacoes investigadas, a falta de rigor do Estado de Sao Paulo ‘e evidente.

    Comentário por Alice Oliveira — dezembro 9, 2010 @ 6:52 pm

  5. É uma pena Alice!
    Em um país onde raramente existem investimentos na área de cultura, isso não deveria acontecer…
    Obrigada pela sua opinião e visita!
    Volte sempre!

    Comentário por Lucia Adverse — dezembro 13, 2010 @ 5:18 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: