Luciaadverse's Blog

fevereiro 27, 2010

Tabela de “Serviços Fotográficos”

Filed under: Fotografia — Tags: — Lucia Adverse @ 9:42 pm

Nessa semana, um colega da nossa lista de discussão da Fototech, mandou-nos um divertido texto entitulado “Serviços de Arquitetura”. Trata-se de uma brincadeira criada com o intuito de conscientizar as pessoas em geral de como é incômodo os abusos sofridos pelo profissional dessa área. Para quem não leu ou não conhece, veja aqui.

Ficamos discutindo na lista, que na nossa profissão de fotógrafo, essas coisas acontecem também. Cada um deu sua opinião e depoimento de como fazem para escapar de tais constrangimentos. No decorrer do mesmo dia,  por coincidência, deparei com outros dois artigos na internet que me chamaram muito a atenção. O primeiro do fotógrafo Rodrigo Baleia, da National Geographic, com o título: “Aviso: fotógrafo também cobra por seus trabalhos”. No texto, excelente e vale a pena ler, Rodrigo faz uma espécie de desabafo quanto aos valores oferecidos pela mídia quanto a compra de fotografias. Há uma reclamação geral dos fotógrafos que com a introdução da fotografia digital começou-se esse tipo de desvalorização com os profissionais da fotografia. Rodrigo Baleia é um dos colaboradores do blog da National Geographic Brasil. Leia o texto clicando aqui.

O outro artigo do qual mencionei, trata-se de uma divertida brincadeira do fotógrafo Marco Moreira que ele chama de “Como enlouquecer um fotógrafo”.

Marco numera os 12 motivos que fazem enlouquecer qualquer fotógrafo.

Baseada na tabela dos “Serviços de Arquitetura” resolvi fazer uma brincadeira e construir nossa tabela de “Serviços Fotográficos”. Se esqueci de alguma coisa e alguém quiser complementar, basta deixar um comentário no blog que acrescento em nossa tabela. Divirtam-se!

“Serviços Fotográficos”

Devido à boa procura por nossos serviços e para facilitar à clientela e o entendimento de nossos honorários, nós fotógrafos, resolvemos elaborar esta elucidativa tabela:

GERAIS:

– Dar um “palpite”: R$ 100,00.

– Só “trocar umas idéias”: R$ 200,00.

– Comprei uma câmera compacta, só preciso de umas “orientações” no funcionamento: R$ 400,00

– Dicas de enquadramento: R$ 500,00

– O que é ISO? R$ 800,00

– Com flash ou sem flash? R$ 100,00

– Como elimina o olho vermelho? R$ 130,00

– Dá para você ensinar rapidamente como funciona o menu? R$ 700,00

– O que é abertura de diafragma? R$ 600,00

– O que é exposição? R$ 800,00

– Como faço para minha câmera fazer umas fotos igual a sua? R$ 3000,00

Esse é o mais grave, alguns leigos gostam da nossa foto e acham que a façanha é da câmera que é boa e não o fotógrafo.

EVENTOS:

– Fotos de aniversário: R$ 800,00

– Fotos de aniversário para um amigo que te convidou somente com esse interesse: R$ 1200,00

– Festinha de final de ano da empresa onde um conhecido trabalha, o fotógrafo nem faz parte a empresa, mas foi convidado para a festa e solicitaram levar sua câmera. Nesse caso leva-se a câmera compacta, aquela que você sempre carrega no bolso e cobra-se: R$ 2400,00 pelas fotografias clicadas durante a festa.

– Fotografias industriais: R$ 900,00

– Fotos de casamento: R$ 4000,00

– Fotos de casamento para um amigo que te convidou somente com esse interesse: R$ 9000,00

ARQUITETURA:

– Fotos de arquitetura ou decoração solicitada por um profissional da área: R$ 120,00 a foto.

– Fotos de arquitetura ou decoração solicitada por um amigo que deseja mostrar a propria casa no Orkut ou enviar para os amigos: R$ 360,00 a foto.

GASTRONOMIA:

– Fotos de culinária para um restaurante: R$ 150,00 cada.

– Fotos de culinária para uma revista de grande visibilidade: R$ 150,00 cada.

– Fotos de culinária para o livro de um grande chef: R$ 150,00 cada.

– Fotos de culinária para aquele seu amigo que adora cozinhar e quer postar no Orkut: R$ 300,00 cada.

FOTOJORNALISMO:

– Venda de imagens para um site de informação na web: R$80,00 cada.

– Fotos para o Orkut do seu amigo: R$ 160,00 cada.

– Fotos para um jornal: R$ 120,00 cada.

– Primeira página: R$ 800,00

– Jornal de bairro e ou condomínio, achou seu trabalho interessante e quer de graça: R$ 360,00  por cada fotografia enviada. Se for para a capa do jornal: R$ 1600,00

– Documentário para uma revista: R$ 220,00 cada

– Capa de Revista: R$ 1200,00

– Revista do supermercado do Seu Zé: não faça porque é queimação de filme (literalmente).

ESTÚDIO:

– Book: R$ 1200,00

– Book para um amigo ou parente que quer fazer de graça: R$ 2000,00

– Ensaio de moda para um catálogo: R$ 220,00 a foto.

– Fotos para a filha da sua amiga que inventou que quer ser modelo, mas não tem dinheiro para pagar: R$ 440,00 a foto.

– Fotografias de jóias para um anúncio ou catálogo: R$ 300,00 a foto.

– Fotografias para as bijouterias da loja da minha vizinha, pediu as fotos com a intenção de não pagar nada: R$ 600,00 a foto.

– Fotografia de produto para um anúncio:

Revista: R$ 300,00 a foto.

Outdoor: R$ 2000,00 a foto.

Seu amigo inventou um produto e quer divulgar no blog dele: R$ 1000,00 a foto.

Atenção: Os valores acima não correspondem aos valores reais cobrados por um fotógrafo profissional, são meramente ilustrativas.

Anúncios

35 Comentários »

  1. Olá Lúcia,
    (divertida coisa séria esta tabela).
    Não sei se já te aconteceu mas, “posso tirar umas fotinhas
    com sua máquina? Não sei o que está acontecendo com a minha”.
    Seguindo este raciocínio, um artigo interessante é do
    Luiz Cláudio Marigo FOTOGRAFE MELHOR 160 JANEIRO 2010 onde
    fala das dificuldades para fotografar, constrangimentos e
    dos direitos autorais.
    Abraço!
    Otaciliotiago

    Comentário por Otacilio Tiago da Silva — fevereiro 28, 2010 @ 1:52 pm

  2. Oi Otacílio,
    Felizmente, comigo nunca aconteceu isso! Mas que cara de pau,hein? Pedirem sua câmera para fazer umas “fotinhas”! São situações que criam constrangimento na gente, mas como falei no texto, não deveriam. Temos que responder com muita naturalidade que nossa câmera é nosso instrumento de trabalho. Eu nunca pedi ao médico o aparelho de pressão dele empestado e você?
    Muito obrigada pela indicação da reportagem do Luiz Marigo, vou ler.
    Agradeço também a visita e comentário!
    Volte sempre!
    Um grande abraço, Lúcia

    Comentário por Lucia Adverse — fevereiro 28, 2010 @ 3:47 pm

  3. – Como faço para minha câmera fazer umas fotos igual a sua?
    EXCELENTE ISSO!!!!!

    Comentário por Alex — fevereiro 28, 2010 @ 6:26 pm

  4. Obrigada querido!
    Volte sempre!
    Abraço, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 1, 2010 @ 11:51 am

  5. Como te falei na lista, ficou ótimo ! Pena que não dá para cobrar por comentários do tipo : “Tb com esta máquina…” kkkk , mas tudo bem, o nosso ouvido deve ser pinico mesmo rsrs

    Bjs

    Comentário por Luiz Ferreira — março 1, 2010 @ 1:54 pm

  6. Divertido e bastante inspirador, vale aplicar em muitos casos. Bem bacana. Bjs

    Comentário por Pepe Mélega — março 1, 2010 @ 2:00 pm

  7. Boa. Adorei alguns preços aí. Faço questão de aplicá-los.
    Abraço.

    Comentário por Roniel Felipe — março 1, 2010 @ 2:08 pm

  8. Sensacional esta “tabela”.
    Adorei!
    Um abraço

    Comentário por Bete Wanis — março 1, 2010 @ 2:16 pm

  9. eii Lúcia,
    muitoooo boom !
    infelizmente existe muita gente cara de pau no mundo, né ?!
    óleo de peroba neles !hahahahaha
    bjãoo linda !

    Comentário por Juliele — março 1, 2010 @ 2:30 pm

  10. Oi Lúcia Muito Bom Mesmo- Mas tem aquela de “eu só preciso de umas fotinhos” deve custar pelo menos 800,00 cada foto

    Comentário por jorfge Guill — março 1, 2010 @ 3:12 pm

  11. Óteeeemaaaaa! Já mandei no twitter. Vou ficar rica, ahahahaha! =)

    Comentário por Elis — março 1, 2010 @ 4:50 pm

  12. Oi Luiz,
    Como disse no post, ele foi inspirado no e-mail que você mandou para a nossa lista de discussão da Fototech.
    Obrigada pela vinda aqui e comentário!
    Um grande abraço, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 1, 2010 @ 5:58 pm

  13. Oi queridíssimo!
    Já voltou para a web ou nunca saiu dela? Rssssss
    Vou te ligar para conversarmos!
    Beijo grande, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 1, 2010 @ 6:00 pm

  14. Roniel, Bete e Elis
    Vocês são novos por aqui!
    Obrigada pela visita e voltem sempre!
    Elis, obrigada por twittar! Ontem fiz meu perfil no Facebook, assim que puder farei um twitter também!
    Nos vemos lá…
    Um abraço a todos, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 1, 2010 @ 6:03 pm

  15. Oi lindinha,
    Fique atenta! Você aparecerá no meu novo post do blog!
    Beijo grande, lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 1, 2010 @ 6:04 pm

  16. Boa sugestão Jorge!
    Kkkkkkkk

    Comentário por Lucia Adverse — março 1, 2010 @ 6:05 pm

  17. E aquela amiga que se acha a Juliana Paes (mas tá looooge de ser) e quer fazer um book sensual para presentear o namorado? Uma coisa “tipo assim, bem sensual, mas sem ser vulgar, sabe?”. Melhor nem fazer…
    Isto me lembra de um amigo que dia destes me pediu um orçamento para uma foto para o site de lingerie da irmã dele. E a modelo?
    – Ah, é uma amiga minha. Estou tentando convencê-la.
    – Mas, ela já posou para fotos alguma vez?
    – Não, mas é a mulher mais gostosa que eu conheço!

    Comentário por Mônica Canejo — março 1, 2010 @ 9:29 pm

  18. Oi Mônica,
    Seria engraçado se não fosse triste, não é mesmo? Isso acontece muito, até com os melhores profissionais!
    Uma certa vez, ouvi de um grande fotógrafo: _Quando aparece um cliente dizendo que já tem a modelo, até me arrepio. Geralmente é a filha ou amante.
    É isso aí Mônica!
    Obrigada pelo comentário, volte sempre!
    Um abraço, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 1, 2010 @ 11:03 pm

  19. Muito bom! Adorei!!!
    Cheguei até aqui através de um link no site do Fotorio.
    Acho que vou ficar… Hehehehhehe…

    Com certeza o pior comentário é aquele:
    “Que foto boa, mas também, com essa máquina…”
    Isso me mata!!!

    Beijos e boas fotos.

    Comentário por Marcelo — março 2, 2010 @ 3:26 pm

  20. Lucia, senssacional!

    tem aquela:
    vc poderia “tirar” umas fotos para mim no dia do meu casamento?
    nao vou fazer nada!
    so uma cerimonia simples para a familia!
    num tem bolo, nem padre, nem nada!
    coisa simples, nem precisa fazer album, aliás nem precisa tratar!
    vc me entrega tudo e eu dou um jeito!
    eu tenho um amigo que faz isso para mim!

    rsrsrsrrsrs
    credo!!!

    bjs

    Comentário por Kika Antunes — março 2, 2010 @ 3:48 pm

  21. Oi Marcelo,
    Seja bem vindo!
    Fiquei surpresa! Não sabia da informação no site do Fotorio, que bacana!
    Um grande abraço, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 2, 2010 @ 4:19 pm

  22. Credo mesmo, essa é dureza…
    Beijo grande querida!

    Comentário por Lucia Adverse — março 2, 2010 @ 4:21 pm

  23. Lucia,
    parabéns pela matéria e esclarecimentos, são atitudes como esta que valorizam a fotografia amadora e profissional! Costumo dizer que a atividade fotográfica deve ser auto-sustentável, um conceito ambiental para lembrar a todos que o aspecto social é a remuneração do fotógrafo durante o processo de qualquer trabalho, independente da finalidade. Como aprendi com o mestre Marigo:”Não peça para dar o que tenho para vender.” A consciência do amador valoriza em muito o trabalho de um profissional, permitindo continuar no mercado!
    abç.
    Gustavo Pedro

    Comentário por Gustavo Pedro — março 3, 2010 @ 6:55 pm

  24. Oi Gustavo,
    Obrigada pelo comentário!
    O pior é quando o amador já se julga profissional, faz um trabalho a desejar e cobra um precinho camarada… aí detona a gente!
    Tem uma frase do meu amigo Cláudio Fett, que gosto muito: “Crédito não é moeda, é direito! Respeite o fotógrafo.”
    Apesar de falar sobre outro assunto, o “crédito”, também é um direito que não deveríamos ter que cobrar, teria que ser uma obrigação de todos que veiculam nossas imagens na mídia!
    Um grande abraço, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 3, 2010 @ 7:40 pm

  25. Já passei por várias dessas.

    Muito bom Lucia. Um excelente post. Parabens

    Comentário por Leandro Ferreira — março 23, 2010 @ 12:10 am

  26. Obrigada pela visita e comentário Leandro.
    Volte sempre!

    Comentário por Lucia Adverse — março 23, 2010 @ 12:04 pm

  27. Lúcia,
    Qto tempo !
    Vi que vc me achou no twitter. Só que não te achei…mandei até um recadinho.
    Adorei o texto acima, acho que vou imprimir e mandar pra todos os amigos.
    Fiquei muito contente ao ve-la dando aula
    Bj grande,
    Vera

    Comentário por vera lúcia amaro — março 27, 2010 @ 11:39 pm

  28. Oi Verinha,
    Quanto tempo?…
    Acho que estou com algum probleminha com o Twitter, também não estou conseguindo acessar!
    Marinheira de primeira viagem… é assim mesmo!
    Beijos e apareça sempre!
    Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — março 27, 2010 @ 11:56 pm

  29. Olá Lucia!
    Encontrei seu post graças ao link no site do Tacio Philip. Muito pertinente o texto sobre a desvalorização do fotógrafo por parte do grande público. Também recomendo o artigo, citado acima pelos amigos, escrito por Luiz Claudio Marigo. Se possível, também gostaria de divulgar esse texto em meu site.
    Muito obrigado.

    Comentário por Carlos Marcelo Ribeiro — abril 30, 2010 @ 12:36 am

  30. Oi Carlos,
    Que bom ter encontrado meu blog e tê-lo apreciado…
    Tem plena autorização de divulgar o texto no seu site, mas por favor, não se esqueça de colocar o meu crédito.
    Um grande abraço, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — maio 1, 2010 @ 5:45 pm

  31. Muito bom seu texto!
    😀

    Comentário por Roberth Fonseca — novembro 16, 2010 @ 9:11 pm

  32. Que tal essa:
    Estava eu fotografando uma festa de criança e uma mãe me abordou pra saber quanto eu cobrava pra fotografar a festa do filho dela como ‘freela’, que na concepção da moça significava ‘só fotografar a festa, sem precisar tratar as imagens’.
    Aham, foi a resposta, acompanhado do meu cartão, para que me pedisse um orçamento, já que não poderia fazê-lo enquanto trabalhava!
    Ótima sua matéria! Parabéns!

    Comentário por Cris Meliska — fevereiro 8, 2011 @ 1:15 pm

  33. Oi Cris,
    Seja bem vinda ao meu blog!
    Temos que escutar tanta coisa, não?
    Obrigada pelo depoimento, demonstra como que, às vezes, certas pessoas dão pouco valor a nossa profissão.
    Voltem sempre!
    Grande abraço, Lucia

    Comentário por Lucia Adverse — fevereiro 12, 2011 @ 6:50 pm

  34. Olá, achei mto bom o texto e queria manifestar minha solidariedade pois tbm sou vitima deste tipo de folgas e abusos
    Abri uma empresa de eventos gastronomicos e meu amigos e amigas ao invés de contratarem meus serviços ficam pedindo receitas o tempo todo, alguns chegam a receber meu cardápio com preços, comentar q tal prato é delicioso e pedir a receita em seguida, muitos se indignam por eu não passar,e outros chegam a ameaçar, “ok eu procuro na internet”!! no geral não lembram o quanto eu investi e o tempo que perco para chegar ao resultado que cheguei, e o mais engraçado é que na hora de comprar alguma coisa, elas correm na padaria da esquina e compram sem nem questionar a receita ou o valor por dono do estabelecimento. é incrivel a cara de pau e a falta de consideração e valor á profissão alheia !
    Abraços e boa sorte !!
    Bruna

    Comentário por bruna — março 10, 2011 @ 1:57 pm

  35. É Bruna, em toda profissão estamos sujeitos a esse tipo de coisa, mas seja em qualquer uma delas, o mais importante é o profissionalismo!
    Obrigada pela visita!
    Voltem sempre!

    Comentário por Lucia Adverse — março 10, 2011 @ 4:23 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: