Luciaadverse's Blog

janeiro 29, 2010

Preto no Branco- Flávio Damm

Acabo de adquirir, ler e recomendo o livro “Preto no Branco Fotos & Fatos” do Fotojornalista Flávio Damm. De fácil e agradável leitura o autor narra histórias sobre cada foto mostrada no livro. Flávio Damm é natural de Porto Alegre, tem 64 anos de profissão e é considerado um dos mais importantes fotojornalistas brasileiros. Começou como auxiliar de laboratório com o fotógrafo alemão Ed Keffel, que se refugiou do nazismo em Porto Alegre, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Em 1946, fotografou para a Revista do Globo. Obteve a consagração profissional no ano seguinte, ao realizar as primeiras fotografias de Getúlio Vargas em sua fazenda após seu afastamento da presidência da República, o que lhe valeu um convite para integrar a equipe da revista O Cruzeiro, no Rio de Janeiro onde fotografou e redigiu matérias por uma década. Muitas das histórias narradas no livro surgiram através de cartas enviadas por leitores para a redação da revista. São histórias pelo mundo e pelo Brasil que fazem do livro de Flávio Damm uma deliciosa história de jornalismo, contada por meio de palavras e imagens que recebem títulos.

Para os meus colegas da Associação de Fotógrafos Fototech tenho uma excelente notícia. Acabo de incluir o livro na minha galeria da Fotobibliotech deixando disponível para empréstimo. Para mais informações clique aqui.

Entre 1959 e 1962 realizou uma ampla documentação fotográfica sobre o pintor Candido Portinari, no seu ateliê, no Rio de Janeiro. Certa vez, em uma entrevista, Flávio Damm revela que Portinari tinha uma frase curiosa, costuma dizer: “Você sabe que as mãos também enxergam?”

Fotografa sempre em preto e branco e em suas fotografias é possível reconhecer a estética clássica de fotógrafos como Manuel Álvares Bravo, Robert Doisneau e André Kertéscz.

São dele as palavras: “A câmera digital de hoje vai ser daqui um ano absoleta, agora… vai surgir daqui um ano uma câmera digital e um computador muito mais moderno do que hoje que vai responder a perguntas técnicas imaginaveis. Qualquer que seja o avanço tecnológico, sempre vai ser necessário um fotógrafo com um olho atrás do visor. Ela pode ser daqui a 50 anos, a máquina fotográfica mais sofisticada, ela não vai operar sozinha, ela não vai identificar o motivo sozinha, se não houver atrás do visor o olho do fotógrafo”

Anúncios

janeiro 28, 2010

Homenagem ao Rio de Janeiro

Filed under: Dicas — Tags:, , , — Lucia Adverse @ 12:17 am

Com certeza uma linda e contagiante homenagem à cidade maravilhosa!

janeiro 27, 2010

iPad, a nova sensação da Apple

Filed under: Fotografia — Tags:, , , — Lucia Adverse @ 6:26 pm

Apple apresenta o iPad, elo entre iPod e Netbook.

Com tela de 9,7 polegadas e apenas 680 gramas, o aparelho chega para ser ícone entre os tablets!

Depois de muitas especulações, Steve Jobs, diretor-executivo da Apple, lançou nesta quarta-feira o iPad, um computador tablet de 9,7 polegadas. O novo aparelho está entre um smartphone (como o próprio iPhone) e um netbook, com memória flash de 16GB, 32GB ou 64GB, e promete ser mais um acerto da Apple. As ações da empresa caíram 2,5% durante o dia, antes da apresentação. Depois dela, subiram 3,5% — sinal de que a recepção do mercado foi a melhor possível.

O iPad pesa 680 gramas e tem 1,2 cm de espessura. A tela é sensível ao toque – teclado “touchscreen”, como o do iPhone. Os primeiros críticos, aliás, chamam o novo aparelho de “um iPhone grandão que não faz ligações.” Na verdade, como Jobs fez questão de deixar claro, o iPad poderia ser comparado a um netbook. Mas bastante melhorado. “Os netbooks são lentos, têm telas de qualidade ruim e rodam softwares antigos de PC”, disse o executivo da Apple.

O kit de desenvolvimento do iPad é o mesmo do iPhone. Segundo Steve Jobs, “é perfeito para ver TV e vídeos em geral.” A bateria suporta 10 horas de uso ou um mês em stand by.

Veja as fotos da apresentação do iPad e perceba como ele lembra um grande iPhone:

Fonte: Redação Yahoo Brasil

janeiro 21, 2010

Estudante fotografa raio atingindo maior prédio do mundo

Filed under: Fotografia — Tags:, — Lucia Adverse @ 10:21 am

Estudante fotografava o Burj Dubai, nos Emirados Árabes, quando um forte raio se chocou contra a torre do prédio
20 de janeiro de 2010

Um fotógrafo amador conseguiu captar o exato momento em que o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa Bin Zayid, também conhecido como Burj Dubai, é atingido por um violento raio durante uma tempestade na capital dos Emirados Árabes. A imagem foi fotografada pelo estudante Mahmoud Hamdan, que estava observando o fenômeno climático no momento da descarga elétrica.

O jornal britânico The Sun informou que o jovem de 23 anos começou a fotografar o edifício quando um luminoso raio azul se chocou contra a torre do Burj Dubai. “Eu saí para observar o fenômeno porque tempestades são muito raras em Dubai”, disse o estudante.

Em média, um raio pode transportar uma força de 100 milhões de volts. O Burj Dubai é uma gigantesca construção de 818 m de altura e 160 andares.

Fonte: Site Terra

Com informações do jornal The Sun

janeiro 20, 2010

FOTOGRAFIA DE NATUREZA BRASILEIRA

Nunca escondi minha paixão por fotografia de natureza, tanto que foi o assunto escolhido para abrir o meu blog. Desde quando comecei a fotografar e decidi aprofundar no assunto, o fotógrafo Fabio Colombini foi a minha principal referência, posteriormente descobri diversas bibliografias sobre a macrofotografia, com alguns profissionais do assunto, mas sempre obras estrangeiras, não havia nenhum livro nacional sobre a técnica. O terceiro post do meu blog indico algumas bibliografias, clique aqui para ler o artigo completo.

Morando em São Paulo, cheguei fazer contato com Fábio sobre a possibilidade de fazer um workshop de macrofotografia. Muito gentilmente ele respondeu-me dizendo que não ministrava cursos e trocamos alguns e-mails.

Recentemente mandou-me um convite para o lançamento do seu mais novo livro: “FOTOGRAFIA DE NATUREZA BRASILEIRA”, da Editora Photos. Infelizmente a distância impediu-me de comparecer ao lançamento, pois atualmente moro em Belo Horizonte, mas tratei de adquirir o novo livro rapidamente.

“Depois da revolução da fotografia digital, faltava, em nossas livrarias e bibliotecas, um guia prático de “fotografia de natureza”, feito por brasileiros. Vivemos no país com a maior diversidade de vida do planeta e temos pouquíssimos fotógrafos trabalhando nessa área da fotografia.” Pequeno trecho retirado da apresentação do livro, escrita pelo fotógrafo e engenheiro eletrônico Haroldo Palo Jr.

Esse trecho da apresentação do livro “FOTOGRAFIA DE NATUREZA BRASILEIRA”, ilustra bem o que comentei no início do post. Na obra ricamente ilustrada, Fábio vai além da macrofotografia, como o próprio título sugere, criou um guia prático de excelente qualidade e completo para aquele que deseja se tornar um profissional da natureza, ou apenas para aquele que deseja conhecer um pouco mais desta especialidade da fotografia, tornando-se pioneiro no Brasil com essa obra. Experiente fotógrafo com 22 anos de carreira, ilustrou mais de 2.600 livros com imagens de fauna, flora e paisagens e nessa sua nova obra partilha generosamente com seus leitores sua experiência profissional na fotografia de natureza, dando dicas de composição, ensinando a técnica e equipamentos adequados em cada segmento da fotografia de natureza. O autor também fornece informações necessárias para o trabalho em campo e alerta sobre possíveis riscos nesse tipo de trabalho fotográfico. Através da própria experiência, descreve sobre cada problema específico e sugestões de como previnir possíveis acidentes ou surpresas. O mais importante é que Fábio não se esquece do que considero duas das principais características num fotógrafo de natureza: a ética e o respeito pela natureza e os animais e consequentemente pela profissão. Infelizmente vemos muita degradação no meio ambiente, individualismo e interesses financeiros por parte do ser humano. O início do primeiro capítulo com o título “O Homem e a Natureza”, particularmente emocionou-me bastante. O autor tenta conscientizar o leitor da magnitude e da importância da natureza e de como tem sido tratada com descaso pelo homem.

Abaixo, apresento uma pequena amostra das belíssimas imagens que ilustram essa imperdível obra:

Com um total de 180 imagens e o formato 17,5 x 25,5 cm, capa dura, impresso em papel couché 115 gramas e 248 páginas, o guia está sendo vendido nas principais livrarias do país e pelos sites www.americanas.com.br e www.submarino.com.br . Encontra-se também à venda no site da editora Photos:  www.editoraphotos.com.br

janeiro 11, 2010

Estampas

No ano passado, conhecendo o meu trabalho com flores, recebi um convite inusitado de uma estilista convidando-me a criar uma estampa floral que faria parte da nova coleção que ela estaria criando. Gostei muito do desafio e a partir das minhas fotografias de flores e com a ajuda do Photoshop, viajei nesse sentido. No meu site, vocês terão a oportunidade de conhecer algumas dessas estampas no menu portfolio, ítem estamparia.

www.luciaadverse.com.br

No mês passado, utilizei uma dessas estampas como papel de parede de um lavabo. A impressão fui eu mesma que fiz na minha impressora HP Designjet Z3200 na superfície de um vinil da HP fosco. O resultado do trabalho vocês podem conferir abaixo:


janeiro 8, 2010

Jason Levesque-Stuntkid

Filed under: ARTE DIGITAL — Tags:, , , — Lucia Adverse @ 10:02 pm

Há um tempo atrás, escrevi um post sobre um ilustrador digital canadense que conheci durante o 2º Design Show Computer Arts,um evento do qual participei em São Paulo. O artista, Derek Lea, iniciou a profissão fazendo ilustrações utilizando como base da construção dos seus trabalhos a fotografia. Veja aqui o post.

Assim como Derek, acabo de descobrir outro artista da mesma área do qual me chamou muito a atenção, o Jason Levesque.  O artista começou a vida profissional trabalhando numa empresa ligada à tecnologia em Williamsburg, Virginia, EUA. Adotou como nome artístico, Stuntkidé devido aos malabarismos que executava com o skate e assim é conhecido.

Assim como Derek, grande parte do trabalho de Levesque começa com uma fotografia tirada pela sua câmera SLR. A maior parte das vezes que fotografa, imagina aquele objeto ou cena como uma mera ilustração, tentando abstrair-se de todo o resto que cause distração no enquadramento.

Abaixo algumas ilustrações do artista:

“Minha esposa, Lizzel, ela é minha salvadora, ela me salvou de uma vida sem amor.”

Jason Levesque

“Chapeuzinho vermelho saindo da barriga do lobo. A cena muitas vezes foi ignorada ao longo dos anos de livros infantis, ilustrados por algum motivo.”

Jason Levesque

Conheça o blog do artista clicando aqui.

janeiro 7, 2010

Exposição de Otto Stupakoff no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia

Filed under: Exposições — Tags:, , , — Lucia Adverse @ 9:20 pm

O Instituto Moreira Salles de Belo Horizonte retorna em grande estilo com a Exposição do saudoso fotógrafo Otto Stupakoff.

janeiro 2, 2010

Novo ano, novo site…

Filed under: Meus trabalhos — Tags:, , , — Lucia Adverse @ 6:37 pm

Entramos num novo ano, começamos uma nova década e eu convido vocês a conhecer meu novo site:

Há cerca de um ano, fevereiro de 2009, contratei uma empresa de webdesign para desenvolver meu site e minha logomarca. Entre contratação, organização, construção e finalização levamos quase um ano. Espero que gostem do resultado! Optei pela aquisição de um site totalmente interativo, assim terei condições de manter o site sempre atualizado.

As pessoas sempre me perguntavam sobre o meu trabalho, assim nasceu esse blog, com o objetivo além de falar de fotografia, ter a oportunidade de mostrar alguma coisa do que faço. Enquanto o meu site era construído, o blog serviu como uma grande ferramenta que foi além dos meus objetivos. Através dele conheci várias pessoas que se interessaram pelo meu trabalho, viraram meus leitores e incentivaram-me a continuar escrevendo. As estatísticas foram muito além da minha expectativa e digo que até surpreenderam-me. A frequência e o número de visitantes é excelente e cresce a cada dia. A minha intenção era ter um blog temporário enquanto o meu site estava em construção. Devido aos motivos que acabei de descrever, durante o desenvolvimento do meu site, mudei de idéia e decidi manter o blog incluindo um atalho para ele no menu do meu site. Optei por um site simples, objetivo e de fácil navegação. As fotos não estão pesadas e consequentemente carregam com facilidade na tela. O último ítem do menu, o FTP, é uma ferramenta que vai facilitar para mim o recebimento de imagens ou arquivos pesados de terceiros.

Façam uma visita:

www.luciaadverse.com.br

Blog no WordPress.com.